sábado, 22 de setembro de 2012

Flashes do documentário Liberdade para Nascer

O grupo pediu pela libertação da parteira húngara, Ágnes Geréb, que foi presa
por assistir a um parto domiciliar. O filme foi exibido em outros
mil lugares ao mesmo tempo.
Eu fiz a moderação da conversa. Falando, a enfermeira obstetra, Odete Pregal, que defendeu
o protagonismo da mulher no parto e falou em nome das parteiras brasileiras.
Inessa Malaguth, do Grupo Isthar.
Pollyana Amaral, lider do Grupo Ishtar e integrante do movimento
Parto do Princípio, ao lado da enfermeira obstetra, Mirian Rego,
que falou em nome da PUC Barreiro, onde é docente do curso de Enfermagem Obstétrica.
Lidia Lopes e Mariza com seus bebês alegrando o ambiente.
Dr. Edson Borges, do Hospital Sofia Feldman, hospital referência em assistência humanizada ao parto.
Lidia Lopes, mãe pela terceira vez. É professora de  Yoga e Shantala.
A ong Bem Nascer comemora o sucesso do encontro.
Sônia Lansky, incansável em sua luta pelas boas práticas no parto,
baseadas em evidências científicas.
A amigas da ong Bem Nascer.
Cleise Soares passa a palavra para Sônia Lansky
Um momento de união entre todos os militantes, enfatizando
o respeito ao parto e o papel imprescindível da mulher
na mudança de modelo imposta para o seu parto e o nascimento
do seu filho. No fundo, Renato Janone e Hemmerson Magioni, médicos do Núcleo Bem Nascer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário