sexta-feira, 20 de maio de 2011

MAIS POESIA...

(Geozelli em seu lindo sorriso!)

Meu coração é de terra
e quando demora a chover
morre de sede
e se molha
elabora sua essência
para procriar.
Trago em meu corpo
óvulos de vida`
útero de mulher já semeado
e seio que pinga leite
e gosto de jorrar.
Sou fêmea farta.
Jorro tudo o que é feminino
e umideço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário