segunda-feira, 15 de novembro de 2010

CHEQUE MATE PARA AS MATERNIDADES!

A Renata Rocha militando em uma reunião pública da Secretaria de Saúde de BH

As maternidades privadas de Belo Horizonte vão se reunir no próximo dia 11 de novembro, às 9h da manhã, com representantes da Comissão Perinatal de Belo Horizonte, Promotoria de Saúde (Ministério Público) e VISA Muncipal.A ong Bem Nascer foi convidada e será representada pela doula e terapeuta Isabel Cristina dos Santos e a psicóloga e doula, Daphne Paiva Bergo.

Em pauta: prazos para implantação de cada item da resolução, com os seguintes pontos a ressaltar, conforme orientação do MP e da VISA Municipal:

direito ao acompanhante de livre escolha, sem qualquer restrição (taxas e outros constrangimentos)

berçários de normais, não recomendados e não regulamentados

quartos PPP (pré-parto, parto e pós-parto)

métodos não farmacológicos para abordagem da dor

equipe multiprofissional

comitês de óbitos e indicadores assistenciais /processo

O Objetivo é mesmo pressionar as maternidades, para que adequem o mais rápido possível a ambientação interna para um atendimento mais humanizado.

Vale ressaltar, que se faz necessário a preparação da equipe para a mudança deste paradigma de atendimento. Sair de uma visão fria, mecânica e tecnológica, para a simplicidade do nascimento demanda esclarecimento, educação continuada, investimento no patrimônio humano que atende às usuárias.

A pediatra Sônia Lansky, incansável na sua luta pelo Movimento BH Pelo Parto Normal marca mais um ponto favorável à nossa causa. E nós estaremos lá, fazendo nossa parte na história.





Nenhum comentário:

Postar um comentário